sexta-feira, 20 de novembro de 2009

SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA


OS NEGROS E NEGRAS VÃO AS RUAS NESTE 20 DE NOVEMBRO
PARA REAFIRMAR A RESISTÊNCIA NEGRA, POPULAR E SINDICAL


20 de Novembro: Dia Nacional da Consciência Negra. Data em que morreu Zumbi do Palmares, em 1695. Zumbi e o Quilombo dos Palmares são marcos da luta contra o racismo, simbolizam a resistência ao colonialismo, à opressão e exploração de milhares de negros e negras que foram escravizados. Demonstram a capacidade de luta e de organização dos negros que resistiam aos açoites e as humilhações da senzala, indo à luta e criando milhares de quilombos...

Não temos o que comemorar
O Haiti é aqui...

Neste 20 de novembro, não temos nada a comemorar, pois sabemos que a luta orquestrada nos quilombos do Brasil para acabar com o racismo e as injustiças raciais perdura por mais de três séculos. As tropas brasileiras estão neste momento matando nossos irmãos: negras e negros no Haiti, e aqui os governantes implementam a “Tolerância Zero” nas comunidades e favelas do Rio de janeiro e em todo o país. No Dia Nacional da Consciência Negra queremos fortalecer o legado de Zumbi de Palmares nas ruas, e isso passa por fortalecer o fórum 20 de Novembro Independentes dos Governos.

A economia capitalista em crise mostra a sua pior face, tentando colocar nas costas dos trabalhadores e das periferias a culpa pelas mazelas geradas pelo disparates que ela mesma cria. As elites financeiras e os ruralistas, em sua cobiça por mais lucros, arrocha cada vez mais os salários, retira direitos e amplia a exploração contra os setores que mais são oprimidos. As mulheres negras estão nos trabalhos mais precarizados, recebem baixíssimos salários, e não contam com direitos sociais. Só o socialismo é a saída para que os trabalhadores e a juventude negra controlem a economia e crie organizações populares de luta direta, como os quilombos

Lula: Responsável pela Ocupação no Haiti e uma decepção para o povo negro

O governo Lula que assumiu o poder em 2002, dizendo que iria fazer a segunda Abolição da Escravatura no país. Em seus dois mandatos presidenciais, segue pior que os governos passados, pois mesmo tendo criado uma Secretaria denominada de “Igualdade Racial”, já se passaram seis anos e não houve soluções práticas e reais para as reivindicações da comunidade negra. O que o governo faz é cooptar para quadros do movimento negro (CONEN, SEPPIR, UNEGRO, CUT-PT, CNDR, CEN e muitos outros) para seu projeto, dando barganhas como secretarias que só têm nome, enquanto Lula segue implementando a política de massacre ao povo negro, já que troca a vida de haitianos pela tentativa de uma cadeira na ONU, além de fechar os olhos para o extermínio da juventude negra nas periferias, para não entrar em choque com governos aliados. Além de atacar as conquistas garantidas na CF/88, como as áreas dos Quilombos e as cotas nas Universidades públicas do país. Causando um refluxo sem precedentes nas lutas do povo negro, o que só tem contribuído para que o governo avance com políticas racistas e de intolerância.

Recentes pesquisas do IBGE e IPEA, mostram índices dos aumentos da concentração fundiária das terras nas mãos dos ruralistas, comprovando o aumento das desigualdades, racial e social no país. Que mesmo com os programas assistencialistas no setor social (bolsa escola, cheque cidadão, Minha Casa Minha Vida, o PAC, etc.) não se responde as demandas sociais. A Crise econômica, com mais de 18% de desemprego nos remete a situações somente vistas em época de Guerra. A política inversa à de gerar e dar empregos amplia a situação permanente de pobreza. Esse “cala boca” que é dado, ajuda a manter o enriquecimento dos bancos, grandes empresários e donos dos latifúndios, enquanto seguimos na miséria e analfabetismo.

REPARAÇÃO DO ESTADO BRASILEIRO PELOS TRÊS SÉCULOS DE ESCRAVIDÃO:
- PELA RETIRADA IMEDIATA DAS TROPAS BRASILEIRAS E ESTRANGEIRAS DO HAITI!
- COTAS NAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS E ASSISTÊNCIA AOS ESTUDANTES COTISTAS!
- PELA LEI 11.645/2008 (INCLUSÃO DAS DISCIPLINAS COMO OBRIGATÓRIAS DE ENSINO DA ÁFRICA E DA HISTÓRIA DO NEGRO (A) NAS GRADES CURRICULARES DAs UNIVERSIDADES E DAS ESCOLAS DE TODO O PAÍS).
- CONTRA A REFORMA DA UNIVERSIDADE PÙBLICA: REUNI E PROUNI!
- ABAIXO O RACISMO, EXPLORAÇÃO E A OPRESSÃO DA JUVENTUDE NEGRA!,
- ABAIXO A VIOLÊNCIA POLICIAL NAS FAVELAS E COMUNIDADES POBRES DO PAíS!
- PELO APOIO A TITULARIZAÇÃO DAS TERRAS DE QUILOMBOS E INDÍGENAS!
- CONTRA A VIOLÊNCIA E O EXTERMÍNIO DA JUVENTUDE NEGRA E A CRIMINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS!
- ABAIXO O MACHISMO E A DISCRIMINAÇÃO ÀS MULHERES NEGRAS, QUE SÃO AS PRIMEIRAS A SEREM DEMITIDAS!
- PELA GARANTIA DE SAÚDE E EDUCAÇÃO PÚBLICAS E DE QUALIDADE, EMPREGO E MORADIA JÁ!

20 DE NOVEMBRO INDEPENDENTES DOS GOVERNOS
CALENDÁRIO DE ATIVIDADES NO RIO DE JANEIRO

20/11
Ø Buraco do Galo: feijoada, roda de samba e intervenções
A partir de 13 horas
Ø Morro do Estado – Niterói – Debates e oficinas
A partir da manhã
Ø Ponto Chic - Bangu – Atividade Musical pelo 20 de Novembro
A partir da Tarde
21/11
Ø Panfletagem dos Movimentos Sociais no calçadão de Campo Grande - contra a criminalização dos movimentos sociais
10horas
22 /11
Ø Atividades e “arrastão” na Favela de Acari contra a Faxina étnica e as tropas no Haiti - oficinas e a escola de samba Favos de Mel de Acari
23 e 24 /11
Ø Universidades em Debate sobre as tropas no Haiti e a violência no Rio – Lançamento da Cartilha sobre o Haiti.
25/11
Ø ATO CENTRAL - REPÚDIO AOS GOVERNOS, PELA RESISTÊNCIA NEGRA E CONTRA O EXTERMÍNIO DA POPULAÇÃO NEGRA, MOVIMENTOS SINDICAL, POPULAR E ESTUDANTIL Cinelândia
Manhã - aula públicas, oficinas, barracas
A tarde: ato político
26/11
Ø Ato contra a criminalização do MST - Cinelândia
17horas

Estarão ocorrendo outras atividades...
A Regional IV do SEPE está divulgando a Mostra Olhos Negros, que está sendo realizada no Centro Cultural Cinema Brasil (localizado em Bonsucesso), com a exibição de filmes nacionais e debates com cineastas, produtores e ativistas.

Siga-nos pelo seu e-m@il

As 10 postagens mais acessadas

Seguidores