sábado, 15 de outubro de 2011

A função de educar: Parabéns a nós Educador@s!

 
Diego não conhecia o mar. O pai, Santiago Kovadloff, levou-o para que descobrisse o mar.
Viajaram para o Sul.
Ele, o mar, estava do outro lado das dunas altas, esperando.
Quando o menino e o pai enfim alcançaram aquelas alturas de areia, depois de muito caminhar, o mar estava na frente de seus olhos. E foi tanta a imensidão do mar, e tanto o seu fulgor, que o menino ficou mudo de beleza.
E quando finalmente conseguiu falar, tremendo, gaguejando, pediu ao pai:
- Ajuda-me a olhar!
(Eduardo Galeano)
 
Pois é, passaram-se alguns anos depois que o escritor uruguaio Eduardo Galeano, conhecido por suas posições combativas, escrevou isso.
 
De qualquer forma estamos dibulgando estas palavras, porque o sr. Eduardo Paes, vulgo Dudu Guerra, após dois anos sem garantir o feriado no dia 15 de outubro, resolveu que um ano antes da eleição (afinal, a votação de 2012 ocorrerá antes do dia 15 de outubro), daria o feriado numa segunda-feira (mesmo nosso dia caindo num sábado).
 
Mas isso importa pouco. O que importa de verdade é pensarmos sobre a função da arte que é educar.
 
Ao contrário de muitos textos, apostilas e cadernos que os governos nos empurram, educar não é uma missão. Somos profissionais da educação! Não somos missionários, nem substituímos os pais e responsáveis. 
 
Somo trabalhadores. Trabalhadores revolucionários, pois temos a certeza de que só a luta mudará nossas vidas, garantindo uma sociedade mais justa e igualitária para todos.
 
Por isso, reivindicamos a melhoria dos nossos salários e mais verbas para a educação, como os 10% do PIB Já! Por isso somos contra as metas e a lógica fabril.
 
Defenderemos até o fim a escola pública, laica, democrática, gratuita e de qualidade!
 
E não é por missão, e só porque ajudar a ter olhar crítico da vida possibilita a construção de um novo tempo.
 
A todos aqueles que ajudam um olhar para o mundo de outra forma, parabéns!
 
Saudações,

Sepe cumprimenta todos os professores das escolas públicas

O Sepe cumprimenta todos os professores das escolas públicas do Rio de Janeiro por este “Dia do Mestre”.

2011 vem sendo um ano de muitos enfrentamentos com os governantes na rede estadual e praticamente em todos os municípios. Infelizmente, em nosso país, o Dia do Mestre é comemorado apenas de modo institucional pelos governos.

Imaginem se todas as promessas dos governos em relação ao ensino fossem cumpridas? Certamente, os profissionais de educação das escolas públicas teriam realmente muito o que comemorar hoje.

No entanto, em contrapartida, estamos vendo que aqui no Rio o professor não abaixou a cabeça e continua mobilizado contra os ataques à Educação e ao serviço público.

Não à-tôa os profissionais do estado fizeram uma greve que durou 67 dias, tendo conquistado várias itens da sua pauta de reivindicações; não à-tôa os professores da rede municipal do Rio se mobilizaram contra o ataque ao fundo de previdência dos servidores - e continuam mobilizados, atentos a um provável ataque à aposentadoria contida no PL 040, que está tramitando namara de Vereadores.

Dezenas de outras redes municipais também se mobilizaram contra os ataques dos prefeitos: Niterói, São Gonçalo, Meriti, Caxias, Volta Redonda, Nova Iguaçu, Belford Roxo, Cachoeiras de Macacu, Valença, Casemiro de Abreu, entre outras.

Agora, o Sepe participa da campanha nacional pelos 10% do PIB na Educação.

Enfim, o sindicato deseja, novamente, uma ótima comemoração a todos os professores neste que é considerado o ”Dia do Mestre” – e mantemos a convocação para que as comunidades escolares continuem mobilizadas por uma educação pública de qualidade.

Siga-nos pelo seu e-m@il

As 10 postagens mais acessadas

Seguidores