quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Sepe está apurando informação sobre demissão de animadores culturais

A direção do Sepe está verificando a informação do jornal O Dia publicada hoje de que o juiz estadual Ricardo Coimbra Barcellos teria acatado o pedido do Ministério Público Estadual e determinado a demissão dos 576 animadores culturais da rede estadual. Estes educadores foram contratados para trabalhar nos Cieps e nunca tiveram sua situação regularizada pelo governo. Na recente greve da rede, um dos pontos conquistados foi o reajuste salarial desse setor em 14%. A categoria, em decisão tomada em assembleia, reivindica a regularização dos animadores. Existe um acordo com os deputados da Alerj de que esta regularização seria implementada a partir de um projeto de lei. Na matéria de O Dia inclusive existe a informação de que "os deputados preparam uma emenda para tentar salvar os atingidos".

A qualquer momento traremos mais informações, mas já podemos adiantar que o sindicato está contatando a Alerj a respeito

Um comentário:

  1. COVARDIA CONTRA OS ANIMADORES CULTURAIS

    O governador Sérgio Cabral, aquele que mais prometeu definir de forma positiva e satisfatória a situação dos animadores culturais, está bem próximo de arrancá-los do sistema. Esses profissionais da cultura, que atuam na educação estadual do Rio de Janeiro desde o primeiro governo Leonel Brizola, vêm passando pelas mais cruéis covardias, de governo a governo, desde que Brizola deixou o poder. Parece um incômodo para os governantes, saber que a cultura está presente nas escolas; abrindo horizontes e mentes. Para Sérgio Cabral, parece que mais ainda. Desde que assumiu o palácio, ele vem cometendo atrocidades contra esses profissionais que há duas décadas fazem uma parceria fértil com as escolas. Têm matrículas, descontos para a previdência, e recentemente obtiveram a alegria ilusória de da aprovação unânime de uma lei que os tornaria estatutários. Todos os deputados votaram a favor, mas o governador se negou a permitir que as investiduras fossem assinadas, o que gerou angústia e decepção.
    A situação agora é a seguinte: Certo juiz determinou há dias, que os animadores culturais sejam exonerados no prazo de três meses. Ninguém tira da cabeça dos profissionais da cultura na educação, a certeza de que Sérgio Cabral está por detrás dessa decisão. Ele não se pronuncia nem toma qualquer outra atitude, numa demonstração de frieza, desprezo e covardia. Os animadores culturais, que no início eram mais de dois mil em todo o estado, e agora são quinhentos, estão mobilizados. Têm apoio de muitos deputados, estão calcados nesse apoio para uma tentativa de reverter a situação, mas a coisa está complicada. A revolta é grande, não apenas entre eles, mas entre todos os profissionais da educação, além de alunos, pais e comunidades em um todo, pois trata-se de um grupo muito querido. Uma categoria que revoluciona a educação com projetos culturais, eventos, oficinas, movimentos em prol da cidadania dos alunos. Talvez seja isso, exatamente, o que deixa o governador tão inquieto.
    Espera-se uma decisão favorável. É preciso que a solidariedade cresça, que o SEPE ajude, com a impetração de recurso, e a imprensa também abrace a causa. No dia 4 de outubro haverá uma grande movimentação no centro do Rio, com animadores culturais, outros profissionais da educação e da cultura, pais e alunos. Tomara que isso chegue não aos ouvidos, mas ao coração de Sérgio Cabral, que efetivamente pode fazer algo, para que essa injustiça não sew concretize. Seria muita covardia. Uma grande prova da hipocrisia e da falta de palavra de um governador que vomita aos quatro ventos palavras de ordem sobre moralidade. É ou não é imoral essa perseguição a um grupo que até hoje só tem somado em prol da cultura, da educação e da cidadania? Tome vergonha, governador. Olhe para os desmandos de verdade, que o rodeiam, e defenda também a causa desses fazedores de cultura, como fingiu fazer quando estava em campanha. Lembre-se de que todo político sempre está em campanha.

    ResponderExcluir

Siga-nos pelo seu e-m@il

As 10 postagens mais acessadas

Seguidores