terça-feira, 25 de maio de 2010

Greve nas escolas municipais de Petrópolis: Assembléia seguida de passeata avaliará rumos da paralisação que já dura 11 dias

Os profissionais das escolas municipais de Petrópolis, em greve desde o dia 13 de maio, farão nova assembléia geral, nesta segunda feira, a partir das 15h, na Praça da Câmara dos Vereadores. Logo após a plenária, os profissionais de educação sairão em passeata pelas ruas do centro do município. Segundo as lideranças da categoria, a greve deve continuar até que o prefeito Paulo Mustrangi (PT) apresente uma contraproposta para as reivindicações dos educadores municipais.

As reivindicações dos profissionais das escolas municipais de Petrópolis são as seguintes: implementação imediata de um plano de carreira unificado (englobando professores e funcionários); reajuste de 20% para recomposição das perdas salariais dos últimos anos; incorporação dos abonos; e redução da jornada de trabalho dos funcionários administrativos de 40 horas para 30 horas.

Profissionais das escolas estaduais vão parar por 24 horas nesta terça-feira (dia 25 de maio)

A rede estadual pára por 24 horas nesta terça (dia 25/5) e, juntamente com outras categorias do Movimento Unificado dos Servidores Públicos Estaduais (Muspe), fará ato na SEPLAG para protocolar requerimentos para garantir os direitos funcionais dos servidores do estado, a partir das 10h. Às 14h, a categoria fará uma assembléia geral, no auditório da ABI (Rua Araújo Porto Alegre,71 – 9º andar – Centro) para decidir os próximos passos da campanha salarial 2010.

Veja o que foi discutido na audiência do Sepe com a SEE no dia 17 de maio

A direção do Sepe teve audiência na SEE, no dia 17 de maio. Pela secretaria estavam presentes o subsecretário Marcus Medina e outros assessores. Veja o que foi discutido na reunião:


1) Liceu Nilo Peçanha: Marcus Medina disse que está aguardando resposta de Iolanda, coordenadora tecnológica, para o retorno das Prof. Eliana e Amin P/ a função de OT.

2)Abono para o CONCLAT:
A secretaria do SEPE enviará um ofício com a relação nominal/matrícula p/ cada profissional que saiu delegado.

3)30h dos funcionários- O processo está na Procuradoria Geral do Estado para ser analisado.

4) Plano de carreira da SEEDUC:
piso inicial do salário mínimo regional, três níveis (formação: elementar, médio e superior), 9% entre os níveis. Ficaram de analisar a progressão por tempo de serviço também.
Argmentaram que trabalharão essa proposta para ser aceita pela SEPLAG, que tem uma outra proposta.
A direção do SEPE garantiu que estará cobrando da deputada Aparecida Gama e do deputado Paulo Melo uma reunião para apresentar aproposta para a SEPLAG.

5) o abono de 50 reais p/ os funcionários está na SEPLAG.

6) ANIMADOR CULTURAL:
já incluiu a animadora Dilciléia na folha
Solicitará a comissão de ed. os procedimentos p/ convocar os animadores p/ serem investidos do cargo eda função

7) Em relação as licenças médicas a SEEDUC está cruzando informações com as outras secretarias

8)Em relação ao primeiro triênio, não será mais automático, a SEEDUC é que dará entrada

9)Em relação ao adicional de qualificaçaõ: cerca de 100 professores já foram contemplados, agora, neste mês ,já será publicado a solicitação de mais 900 professores que receberam o adicional e os atrasados. Esse adicional não tem período certo p/ ser solicitado.

Em relação aos 8 mil pedidos de enquadramento está na SEPLAG, não há previsão de pagamento, é um ato do governador, diferente do AQ que é um ato da SEEDUC.

10) Pagamento dos concursados de 2009, está na SEPLAG

11) LIcenças sindicais, pediu ofício c/ histórico e atualização do nome dos 48 diretores

12)Concursados de pedagogia, encaminhará o quantitativo dos que foram chamados e dos que assumiram

13) Em relação ao abono dos dias de greve, pediu o quadro c/ as datas pendentes

14) Em relação ao preenchimento das notas pela internet, Marcus Medina se comprometeu de rever a medida. O SEPE vai acompanhar para cobrar a revogação dela, já que entendemos que este trabalho não deve ser realizado pelos professores, que já tem o seu trabalho em sala de aula.

Deliberações da assembleia da rede municipal de 15 de maio de 2010:

Deliberações:
1)campanha salarial, pelo "reajuste já" de 22%, e pela melhoria das condições de trabalho, retomada da autonomia docente e pelo fim da violência. Uma campanha que atinja a categoria e a sociedade, a ser pensada pela comissão de mobilização;

2)ação jurídica para regularização dos funcionários admitidos antes de 85;

3)convocação da categoria para um ato sem paralisação no dia 08 de junho durante a audiência pública de prestação de contas na câmara;

4)conselho deliberativo depois da audência no dia 08 as 18h;

5)visita aos gabinetes da câmara por conta da verba do FUNDEB; para conseguir apoio para colocar em votação um projeto de data base da rede; e entrega de um dossiê/relatório para campanha de solicitação de abertura de CPI da Educação pública municipalacerca do orçamento da educação do município;

6)visita aos prédios escolares com vereadores e comissão de Educação;

7)preparar uma análise crítica ao regimento escolar;

8)reeditar o SEPE vai a escola com informes o jurídico e calendário e cronograma de visitas anteriormente divulgado;

9)campanha de tiragem de representantes de escolas;

10)organizer o boletim da rede;

11)eleição de Rosilene como efetiva e Jalmir como suplente para representantes do SEPE no conselho do FUNDEB;

12)calendário de visita as escolas;

13)Formação de um "comando de mobilização" que pense e encaminhe a campanha da rede, composto por : coordenação da capital, Jalmir Ribeiro, Ivani Lopes Sampaio reg IX, Adolpho Ferreira reg V, José Luiz Vieira da Costa reg I, Gesa Linhares, José Eduardo Feitosa Reg I, Refael Alves Rossi Reg II, Eliane Reg VIII

Siga-nos pelo seu e-m@il

As 10 postagens mais acessadas

Seguidores