quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Comissão do Sepe foi recebida ontem (15/8) na Alerj

Na tarde de ontem (15/8), uma comissão formada pela diretoria do Sepe e representantes da base foi recebida pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Paulo Melo, para discutir a data em que o veto do governador Cabral à proposta do sindicato "1 matrícula, 1 escola" será posta em votação em plenário.

Sepe terá nova audiência com o governo municipal nesta tarde

A direção do Sepe terá uma audiência com os representantes do governo municipal. 

A audiência de agora é  o desdobramento da reunião que o sindicato teve ontem à noite com o vice-prefeito Adilson Pires, o secretário da Casa Civil, Pedro Paulo Carvalho e representantes da SME (veja relato do que foi discutido no aqui).

Reportagens na TV sobre as greves no município e no estado


As greves do município e estado do Rio de Janeiro estão sendo notícia nos principais meios de comunicação do país.Abaixo, algumas das reportagens que foram ao ar na TV:

TV Brasil 14/08

Repórter Brasil - Milhares de professores protestam no RJ
http://www.youtube.com/watch?v=4N4a7v_K9-k

TV Record 14/08
Cidade Alerta - Professores realizam protesto em Botafogo
http://videos.r7.com/professores-realizam-protesto-em-botafogo-rj-/idmedia/520c1a900cf20ab9b131ee40.html


TV Bandeirantes 14/08
Brasil Urgente Rio - Professores fazem manifestação no Rio
http://noticias.band.uol.com.br/brasilurgente/rio/?id=14632221&t=Professores-fazem-manifestacao-no-Rio#area_conteudo


TV GLOBO 14/08
RJTV 2ª Edição - Professores fazem protesto por melhores salários e condições de trabalho
http://g1.globo.com/videos/rio-de-janeiro/rjtv-2edicao/t/edicoes/v/professores-fazem-protesto-por-melhores-salarios-e-condicoes-de-trabalho/2758310/

Jornal Nacional - Professores e funcionários da Rede Municipal do Rio fazem protesto
http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2013/08/professores-e-funcionarios-da-rede-municipal-do-rio-fazem-protesto.html

TV GLOBO 15/08
Bom dia Rio - Professores fazem reunião com secretário chefe da Casa Civil
http://g1.globo.com/videos/rio-de-janeiro/bom-dia-rio/t/edicoes/v/professores-fazem-reuniao-com-secretario-chefe-da-casa-civil/2759144/

RJTV 1ª Edição - Professores da rede municipal do Rio fazem nova manifestação nesta quinta
http://globotv.globo.com/rede-globo/rjtv-1a-edicao/v/professores-da-rede-municipal-do-rio-fazem-nova-manifestacao-nesta-quinta-15/2759808/

Prefeitura do Rio recebeu o Sepe em audiência ainda nesta quarta

O vice-prefeito do Rio de Janeiro, Adilson Pires, e o secretário chefe da Casa Civil da prefeitura, Pedro Paulo, receberam a diretoria do Sepe em audiência ontem (14/8) para discutir a pauta de reivindicações dos profissionais de educação da rede municipal, em greve desde o dia 8 de agosto.


Veja o resultado da audiência do Sepe com o vice prefeito
 Na noite do dia 14 de agosto, após a passeata histórica da rede municipal, o SEPE teve nova audiência com o Vice-prefeito Adilson Pires, o Secretário da Casa Civil Pedro Paulo, o Subsecretário de Gestão Paulo Figueiredo e a Subsecretária de Ensino Helena Bomeny.
A Prefeitura apresentou a seguinte proposta: seguir com a SME a discussão sobre a pauta das questões pedagógicas; abono dos dias parados; publicar no Diário Oficial o decreto que cria o Grupo de Trabalho para discussão do Plano de Carreira, com prazo de 90 dias, unificado (professores e funcionários), com valorização pela formação, equiparação dos PII 40 horas com PI 40 horas e com a correção do vencimento dos funcionários, que é menor que o salário mínimo e paridade para aposentados. Falamos da progressão por tempo de serviço, mas esse ponto fica para discussão durante o GT. Porém, teríamos que suspender a greve.
Colocamos para a Prefeitura que nossa Greve crescia e se fortalecia, contando com o apoio da população, tendo um índice de paralisação, até aquele dia, de 90%. Que reconhecíamos que o governo sinalizava com avanços no diálogo e negociação. Que nossa assembléia seria dia 20 de agosto e que precisávamos avançar em outros pontos da pauta de reivindicação, principalmente sobre o reajuste, já que sabíamos que há dinheiro em caixa para um índice maior que 6,75%.
Lembramos que no dia 28 de junho, durante audiência, a SME se comprometera em enviar à Câmara dos Vereadores, um Projeto de Lei que garantia a equiparação de PI com PII de 40 horas, portanto, o governo poderia encaminhá-lo no dia seguinte.
Apresentamos, mais uma vez a necessidade da Prefeitura corrigir imediatamente o vencimento dos funcionários, pois, não é possível falar em valorização profissional, pagando menos que o salário mínimo para trabalhadores que são fundamentais na educação. 
Reivindicamos que nas negociações com a SME sobre as questões pedagógicas a Secretaria Claudia Constin esteja presente.
Dissemos que há muitos pontos na pauta de reivindicações que podemos avançar como a redução da carga horária dos funcionários para 30 horas, a data base e a garantia do direito à origem/lotação na unidade escolar.
Falamos sobre a legitimidade de nossa greve, visto que tentamos desde o início do ano a abertura de um diálogo para o atendimento às nossas reivindicações e, que não admitiríamos retaliações.
Reiteramos que representamos a categoria, mas o fórum de deliberação é nossa assembléia e que, era importante mantermos as negociações e o diálogo.
Após várias intervenções, ficou marcada uma nova audiência amanhã (ainda sem horário), para que possamos avançar em nossas reivindicações.

REDE ESTADUAL DECIDE CONTINUAR EM GREVE E TIRA CALENDÁRIO DE MOBILIZAÇÃO



A rede estadual de educação decidiu esta tarde, em assembleia no Instituto de Educação, na Tijuca, pela continuação da greve, iniciada em 8 de agosto. Amanhã, ocorrerá uma mediação da greve na Assembleia Legislativa, a partir das 14h, e o Sepe convoca a categoria a acompanhar - daqui a pouco mais informações.

Calendário da rede estadual
Quinta (15/08): ato na Alerj, a partir das 14h, para pressionar pela derrubada do veto de Cabral à emenda do Sepe de uma matrícula, uma escola;
Sexta (16/08): corrida às escolas pela manhã; ato no Palácio Guanabara, com concentração no Largo do Machado, às 14h;
Segunda (19/08): pela manhã, corrida às escolas; às 14h, ato unificado com a Faetec no Leblon, em frente à residência do governador;
Terça (20/08): assembleias locais e ato unificado com o município do Rio na prefeitura, à tarde (na medida do possível, com a participação dos núcleos que puderem estar presentes e escolas da capital) e, à noite, Conselho Deliberativo da rede estadual no Sepe, às 18h.
Quarta (21/08): assembleia geral da rede estadual às 9h, em local a confirmar. Após assembleia, ato unificado que está sendo construído com as outras entidades da educação.

Siga-nos pelo seu e-m@il

As 10 postagens mais acessadas

Seguidores