terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

RESOLUÇÕES DA ASSEMBLÉIA GERAL DA REDE MUNICIPAL REALIZADA NO DIA 12/02/11


CIRCULAR/SEPE/RJ/003/11.

Companheiras/os,

Encaminhamos as deliberações da Assembléia Geral dos Profissionais de Educação da rede municipal de ensino, realizada no dia 12 de fevereiro do corrente, no teatro da ACM/RJ:

  • de 14 de fevereiro a 22 de março – Assembléias locais;
  • 17 de fevereiro – 16h no SEPE/RJ - Seminário da Campanha salarial de 2011 (com análise do DIEESE sobre as contas do orçamento da prefeitura). Convidar os membros do Movimento Unificado de Servidores do Município do RJ para o Seminário;
  • 23 de fevereiro, a partir de 14h no auditório 71 da UERJ - lançamento do Fórum Estadual em Defesa da Escola Pública (SEM PARALISAÇÃO NA REDE – solicitar abono de ponto);
  • 23 de março – 18h no SEPE conselho deliberativo da rede;
  • 31 de março - Dia Estadual de Luta em defesa da Educação Pública (COM PARALISAÇÃO NA REDE), com indicativo de assembléia unificada, ato e passeata da Candelária a Cinelândia;
  • Inclusão do município na campanha publicitária (outdoor, busdoor, rádio, camisetas, jornais, etc);
  • O calendário específico da campanha salarial da rede será discutido nas assembléias locais e remetido ao Conselho Deliberativo de 23 de março, no SEPE.

Saudações sindicais,
 DIREÇÃO ESTADUAL DO SEPE/RJ

RESOLUÇÕES DA ASSEMBLEIA GERAL DA REDE ESTADUAL REALIZADA NO DIA 12/02/11

CIRCULAR/SEPE/RJ/002/11.

Companheiras/os,

Encaminhamos as deliberações da Assembléia Geral dos Profissionais de Educação da rede estadual de ensino, realizada no dia 12 de fevereiro do corrente, no teatro da ACM/RJ:

  • Eixo da Campanha Salarial de 2011: aumento salarial com paridade e qualidade na educação. Incorporação imediata do Nova Escola, 26% de recomposição salarial imediata (variação da arrecadação do Estado) e descongelamento do Plano de Carreira dos funcionários. Relembrar as bandeiras históricas  (5 salários mínimos de piso para o professor e 3,5 para funcionários);
  • Somos contrários ao Plano de Metas e realizaremos uma campanha para denunciar o que ele representa;
  • Suspensão do boicote ao lançamento de notas e abertura da discussão nas escolas e deliberação na próxima assembléia;
  • Slogan “Seu plano é me culpar, sua meta é privatizar”;
  • 23 de fevereiro, a partir de 14h no auditório 71 da UERJ - lançamento do Fórum Estadual em Defesa da Escola Pública (SEM PARALISAÇÃO NA REDE – solicitar abono de ponto);
  • 24 de fevereiro a 30 de março – Corrida às escolas;
  • Até 25 de março – Assembléias locais;
  • 26 de março às 09h – reunião de professores docente II e às 10h Conselho deliberativo da rede, todos no auditório do SEPE/RJ;
  • 23 de março – 14h - ato de funcionários na SEEDUC;
  • 31 de março - Dia Estadual de Luta em defesa da Educação Pública (COM PARALISAÇÃO NA REDE), com indicativo de assembléia, ato e passeata da Candelária a Cinelândia. As escolas deverão enviar ao SEPE/RJ demanda de ônibus que o Sindicato arcará com esse custo, desde que haja o compromisso da escola em enviar o ônibus lotado – para garantir a presença da comunidade escolar no ato de lançamento do Fórum Estadual em Defesa da Escola Pública, que será realizado no dia 23 de fevereiro, a partir de 14h no auditório 71 da UERJ. Neste dia, as escolas que não puderem enviar representantes, o SEPE sugere que se façam debates sobre o tema e onde houver possibilidade, que sejam feitas panfletagens;
  • Comissão para ajudar a imprensa com as novas mídias: Gesa, Tarcísio, Marta, Eliana e Rodrigo (Niterói);
  • Garantir linguagem acessível à categoria e à população nos materiais da campanha publicitária oficial e alternativa;
  • Fazer camisetas para a furiosa e da campanha salarial já para o dia 08 de março.

Saudações sindicais,

DIREÇÃO ESTADUAL DO SEPE/RJ

Animador cultural faz rap contra a meritocracia: veja a letra

A história que se conta

nesses dias atuais

é a saga corajosa

dos animadores culturais

que vai pra faixa de gaza

botando o bloco na rua

mostrando pra população

a verdade nua e crua.

Perseguidos pelos monstros

que dirigem a educação

buscaram aos deputados

atrás de uma solução

conseguiram com uma emenda

aprovar com maioria

agora vem um burocrata

que se chama Risolia

que gagueija feito louco

credo em cruz virgem Maria

metendo goela abaixo

essa tal meritocracia.



Desrespeita a Assembléia

desrespeita ao animador

parece até general

da antiga ditadura

não ata e nem desata

o ato de investidura

somos seres humanos

aqui ninguém é trouxa

como disse o Paulo Ramos

a animação cultural

parece uma rosca frouxa

que afolosa mais num entra

bambeia mais num cai

finge que vai

mais num vai.



Se a educação é um negócio

pra esse tal risolia

porque então esse peste

não senta e negocia

a animação cultural

vai vir aqui todo dia

porque somos seres humanos

e não casa de mãe maria

não tomamos banho em poço

e nem mijamos na bacia.

Pablo Queiróz. (Animador Cultural- Com muito Orgulho).

Meritocracia não!!!!!!

Mais de 300 pessoas na assembleia do estado decidem paralisar em 31/03


Na primeira assembléia da rede estadual deste ano, mais de 300 profissionais compareceram hoje (dia 12/2) à ACM para dar o pontapé inicial da campanha salarial 2011. Um calendário foi aprovado, tendo como principal data uma paralisação com marcha da educação no centro do Rio no dia 31 de março (quinta-feira). A assembléia decidiu as duas principais reivindicações da campanha: antecipação do pagamento da gratificação do Nova Escola e reajuste emergencial de 26% para repor as perdas salariais.
O mote da campanha será: valorização salarial garante a qualidade na educação.
Abaixo o calendário:
17 de fevereiro -  Seminário da campanha salarial 2001 da rede municipal, no auditório do Sepe (Rua Evaristo da Veiga 55 – 7º andar). Neste encontro, que reunirá as direções da rede municipal do Sepe Central e regionais da capital, teremos a participação de técnicos do DIEESE, que farão uma análise sobre as contas do orçamento da prefeitura e serão convidados representantes do Movimento Unificados dos Servidores Públicos Municipais.
23 de fevereiro - haverá o lançamento do Fórum Estadual em Defesa da Educação Pública. A cerimônia será realizada no auditório 71 da UERJ, às 14h (não haverá paralisação, mas o Sepe solicitará abono de ponto da SME para os profissionais que participarem de evento).
4 a 25 de março - atos descentralizados nos núcleos em preparação à paralisação e marcha da rede estadual dia 31/03.
No dia 31 de março - a plenária deliberou que a rede municipal vai participar do Dia Estadual de Luta em Defesa da Educação Pública. Neste dia, a rede municipal fará uma paralisação de 24 horas, com indicativo de assembléia unificada, ato de protesto e passeata da Candelária até a Cinelândia em conjunto com os profissionais da rede estadual.

Siga-nos pelo seu e-m@il

As 10 postagens mais acessadas

Seguidores