segunda-feira, 9 de maio de 2011

Matéria na Carta Capital critica a meritocracia na Educação de São Paulo


A revista Carta Capital On Line publicou uma matéria sobre a mobilização dos profissionais das escolas técnicas (ETECs) e faculdades de tecnologia (FATECs) em São Paulo contra a política do governo estadual de instituir a chamada “bonificação por resultados” – meritocracia – nestas redes. Os profissionais ameaçam entrar em greve a partir de maio. Segundo lideranças da categoria, o governo paulista tem usado este sistema de bonificação como desculpa para não mexer nos salários. “Só que os critérios desse bônus são confusos e punem o professor por aspectos que não dependem dele”, afirma Sílivia Elena de Lima, secretária geral do Sinteps.

A rede estadual do Rio de Janeiro, desde janeiro, tem enfrentado problema semelhante: a política meritocrática implementada sob a forma do Plano de Metas do secretário de estado de Educação, Wilson Risolia. O plano de Risolia e Sérgio Cabral, também se pauta pela criação de metas e bonificações através de resultados obtidos pelas escolas e não reajusta salários da categoria nem para repor as perdas com a inflação.

Veja a matéria completa pelo link

Siga-nos pelo seu e-m@il

As 10 postagens mais acessadas

Seguidores