quarta-feira, 6 de junho de 2012

C.E. Augusto Motta realiza ato contra o fechamento e a exoneração de sua diretora


Mais de 600 manifestantestodos integrantes de comunidades escolares que sofreram com as exonerações arbitrárias de direções das escolas estaduais publicadas no Diário Oficial do dia 01 de junho estiveram na porta da SEEDUC na segunda-feira (dia 04 de junhopara protestar contra o afastamento dos seus diretores e para exigir do secretário Risolia a reversão da medida.  No dia 1 dejunho, a SEEDUC exonerou dezenas de diretores de escolas estaduais localizadas principalmente em Duque de Caxias e Nova Iguaçu. Com base no fato, o Sepe ajudou na mobilização das comunidadesescolares envolvidas e programou o protesto realizado na SEEDUC na segunda-feira.

 


Aqui, na regional IV, houve ato no C.E. Augusto Motta contra o fechamento e a exoneração de sua diretora no dia  6 de junho, a noite

Vários estudantes e profissionais da Educação participaram do ato com faixas e cartazes.e prometem fazer mais um ato hoje  a noite.


 Ato do C.E. Augusto Motta contra o fechamento e a exoneração de sua diretora - 6 de junho de 2012


Só quem luta conquista!

MPRJ flagra irregularidades durante vistoria de cinco escolas municipais de Japeri

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por intermédio da 1ª Promotoria de Justiça de Japeri, realizou, quinta-feira (31/05), inspeção na cozinha e na merenda de cinco escolas municipais. Foram encontradas diversas irregularidades e apreendidos alimentos. A ação integra as investigações de um inquérito civil aberto pelo MPRJ que apura possível irregularidade na aplicação do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) na contratação de empresas fornecedoras de merenda das escolas de Japeri. A inspeção teve a participação de agentes do Grupo de Apoio Técnico Especializado (GATE) do MPRJ, do Grupo de Apoio aos Promotores de Justiça (GAP) da Comarca de Nova Iguaçu e de Policiais Civis da 63ª DP (Japeri).
Foram vistoriadas as escolas Professora Etiene de Souza Oliveira, Bernardino de Melo, Manoel Julio de Amorim, Tania Maria Carnaval Basílio e Duque de Caxias. Dentre as irregularidades encontradas pelos agentes estavam alimentos com data de validade vencida e armazenados irregularmente em locais sem ventilação; cozinhas com janelas sem proteção contra insetos e roedores; alimentos expostos no freezer; botijões de gás no interior da cozinha; falta de higiene com manuseio de comida sem luvas, lixo mal acondicionado, entre outros problemas.
O inquérito aberto pelo MP também investiga a suspeita de superfaturamento na compra dos alimentos e fraude nas licitações das empresas contratadas para o fornecimento da merenda. O material apreendido foi levado para a delegacia, que, por sua vez, instaurou inquérito para apurar a responsabilidade criminal dos envolvidos. Cópia do inquérito instaurado pela 1ª Promotoria de Justiça já foi encaminhada ao Ministério Público Federal (MPF) e à Procuradoria-Geral de Justiça para análise de eventuais atos de improbidade administrativa e responsabilidade criminal dos agentes públicos.

Confira o cartaz da paralisação da rede estadual do dia 14/06

 

 

 

 

Assembléia Rede Estadual e paralisação de 24h - 14/06

                             Dia 14/06 (5ª), às 10h, no Clube Municipal
                                     (Rua Haddock Lobo, 359 - Tijuca).

   Logo após a assembléia, passeata unificada dos servidores estaduais pela Av Rio Branco, passando pela Delta e terminando na ALERJ. Concentração na Candelária, a partir das 13h.
   Confira aqui o texto que estará disponível no próximo boletim do SEPE para os profissionais de educação da rede estadual.

 

Siga-nos pelo seu e-m@il

As 10 postagens mais acessadas

Seguidores