quinta-feira, 28 de março de 2013

Congresso do ANDES fez moção de repúdio a prefeito do Rio


O ANDES aprovou em seu congresso moção de repúdio à utilização pelo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, por fazer propaganda política no material didático distribuído nas escolas municipais.

Segue a moção:

"Os delegados ao 32º CONGRESSO do ANDES-SN, realizado no Rio de Janeiro/RJ, no período de 4 a 9 de março de 2013, manifestam repúdio à distribuição de material didático às escolas da rede municipal de ensino do Rio de Janeiro que reproduz, nominalmente, o resultado das eleições municipais de 2012 para prefeito e vereador. Tal conteúdo encontra-se no Caderno Pedagógico de Matemática do 6º ano, especificamente, nas páginas 22 e 23. Esse tipo de propaganda já ocorreu em 2012, na prova bimestral de matemática, do 3º bimestre, do 6º ano; portanto, antes das eleições municipais, quando, na 3º questão, era mencionado, explicitamente e com fotos, o sistema de ônibus BRT, um projeto da atual administração municipal. A distribuição do jogo “Banco Imobiliário Cidade Olímpica” para as escolas municipais aponta o mau uso de dinheiro público com propaganda política da atual gestão em materiais que deveriam ter caráter educativo.

"No entendimento da ADUFRJ e ADUFF, entidades que compõem o FEDEP, a propaganda política em material pedagógicofere gravemente o princípio da ética e as normas que regem o direito público, constituindo inaceitável e abominávelabuso de poder da atual administração pública municipal.

"Solicitamos o imediato recolhimento deste material e apuração da responsabilidade por esse ato que afrontaabertamente os princípios que devem nortear a escola pública, gratuita, laica, universal e de qualidade social.

"Aguardamos o pronto pronunciamento do refeito e da Secretaria Municipal de Educação."

Siga-nos pelo seu e-m@il

As 10 postagens mais acessadas

Seguidores