quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Audiência pública da Comissão de Educação da Alerj vai discutir grade de Sociologia na rede estadual no dia 14/11

A Comissão de Educação da Alerj promoverá uma audiência pública no dia 14 de novembro, cuja pauta será a questão da grade de Sociologia na rede estadual. Como a audiência será aberta, o Sepe convoca os profissionais de Sociologia das escolas estaduais para comparecerem ao debate que será iniciado às 10h.

Cabral deixa de fora do orçamento para 2013 reajuste para Saúde e Educação

A Coluna do Servidor do Jornal O Dia anuncia hoje que a proposta de orçamento enviada pelo governador Sérgio Cabral para a Alerj não preverecursos que garantam um reajuste para os servidores da Educação e da Saúde. Na proposta que, se aprovada pelos deputados, vai deixar de fora os profissionais das escolas e hospitais, somente os servidores da área de segurança tem aumento garantido, segundo a matéria: 0,915% em janeiro e 23,3% em fevereiro de 2013.

A matéria ainda mostra que houve um aumento de 12,7 na despesa prevista com pessoal no orçamento de 2013, que será de R$ 30 bilhões. Mas nem assim, o governo do estado foi capaz de incluir uma proposta que reajuste os salários dos profissionais de educação que, em 2012, também não tiveram qualquer reajuste salarial, que não consideramos a incorporação do Nova Escola como reajuste, como o governador e o secretário Risolia cansaram de afirmar.

Na mesma reportagem, o slecretário de Planejamento, Sérgio Ruy Barbosa, confirmou que o eestado vai gastar no próximo ano R$ 5,6 bilhões com segurança. Em 2006, este gasto era de R$ 2,4 bilhões. Enquanto isto, o estado vai gastar R$ 3,1 bilhões com educação em 2013, contra 2,78 bilhões gastos em 2012. Mais uma vez, Cabral e os seus secretários economicistas vão "economizar", arrochando os salários dos profissionais de educação e da saúde estaduais.

Senado aprova limite de alunos por turmas do ensino público

 Do site da Agência Brasil de Notícias (Marcos Chagas)

As turmas de pré-escola e do 1º e do 2º ano do ensino fundamental da rede pública deverão ter no máximo 25 alunos. No caso das demais séries dessa etapa e do ensino médio, o limite é 35 estudantes. A restrição está prevista em projeto de lei aprovado hoje (16), em caráter terminativo, pela Comissão de Educação do Senado.

O texto, que altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei 9.394/1996), agora será analisado namara dos Deputados. O autor do projeto, Humberto Costa (PT-PE), destacou que o elevado número de alunos por turma impede o acompanhamento e o aprendizado de cada estudante da rede pública.

Pelo texto aprovado na comissão, uma vez aprovada pelo Congresso e sancionada pela presidenta Dilma Rousseff, a nova lei entrará em vigor em 1º de janeiro do ano subsequente ao da publicação no Diário Oficial da União.
 
Leia mais aqui.

Pós graduação no Pedro II: Mestrado Profissional em Práticas de Educação Básica

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação do Colégio Pedro II torna pública a abertura do processo de inscrição, seleção e matrícula dos candidatos ao Curso de Mestrado Profissional em Práticas de Educação Básica (MP-CPII) - turma 2013.

Inscrições
de 01/10/2012 a 31/10/2012 no site:

Veja o cartaz do Encontro Estadual de Aposentados

Veja o cartaz do Encontro Estadual de Aposentados, que será realizado de 31 de outubro a 1º de novembro, com o Tema: Políticas Públicas para aposentados e idosos: o que temos e o que queremos.

Local: Hotel Bucksy - Nova Friburgo.

Informações:  (21)2195-0450 .

Clique aqui para ver o cartaz do encontro - divulgue nas redes sociais.

Siga-nos pelo seu e-m@il

As 10 postagens mais acessadas

Seguidores