quinta-feira, 5 de maio de 2011

Violência: Morre mais um aluno vítima de bala perdida em Ciep na Vila do Pinheiro


A violência que ronda o espaço escolar nas unidades da rede estadual e municipal fez mais uma vítima na noite desta quarta-feira (dia 04 de maio). Durante uma tentativa de invasão de traficantes na comunidade, o aluno Josemilton Trindade da Silva, de 43 anos, morreu no Hospital Geral de Bonsucesso, após ter sido atingido na sala de aula por uma bala perdida. Josemilton era aluno do curso de Educação de Jovens e Adultos (PEJA) do Ciep Gustavo Capanema, trabalhava como porteiro e estudava há dois anos na unidade.
Profissionais e alunos relataram para a direção do Sepe que, desde o final da tarde de ontem, a comunidade escolar estava assustada com a forte movimentação de pessoas armadas na Vila do Pinheiro e diversos alunos chegaram a solicitar que a escola fosse fechada e os alunos dispensados mais cedo por causa da ameaça de confrontos entre os traficantes. A 4ª CRE chegou a ser contatada e consultada sobre a possibilidade de suspensão das atividades mais cedo, mas a direção da Coordenadoria não permitiu o fechamento da escola.
Por volta das 19h30m, a invasão começou e profissionais e estudantes ficaram sitiados nas salas de aula, enquanto os bandidos trocavam tiros nos arredores. Uma das balas disparadas acabou atingindo o aluno Josemilton na cabeça. Ele foi levado para o hospital, mas não resistiu ao ferimento. Dezenas e alunos e professores da escola só puderam deixar o local depois da chegada do Batalhão de Operações Especiais da PM (BOPE).
Caso os relatos sobre a negativa da 4ª CRE para a suspensão das atividades no Ciep se confirmarem, mais uma vez, ficam provadas as acusações do Sepe a respeito da compelta falta de entendimento da SME sobre as reais condições de segurança nas escolas localizadas em áreas de risco. Já não é a primeira vez que as direções das unidades são obrigadas a manter as escolas em funcionamento, mesmo com a ocorrência de tiroteios entre bandidos ou operações policias no entorno das escolas que resultam em troca de tiros. Um caso exemplar é o do aluno Wesley, de 11 anos, que morreu dentro de sala de aula, atingido por bala perdida durante confronto entre policiais e traficantes em Acari.

Rede estadual está protestando na Alerj


Como em 2009, categoria volta a protestar na ALERJ

Os profissionais da rede estadual completam dois dias da greve de advertência de 48 horas nesta quinta-feira (dia 5 de maio), realizando um ato de protesto nas escadarias da Alerj desde o início da manhã. À tarde, a partir das 14h, o Sepe convoca toda a categoria para a assembléia geral, no auditório da ABI (Rua Araújo Porto Alegre 71 - 9 º andar) para que possamos definir os próximos passos da mobilização em torno da campanha salarial 2011.

Ontem (dia 4/5), algumas escolas promoveram debates com a comunidade escolar durante a paralisação para explicar os motivos da nossa greve de advertência e mostrar como o governador Sérgio Cabral pouco se preocupa com o setor que ele tinha prometido "valorizar" desde a campanha eleitoral na sua primeira eleição ao governo do estado, em 2006. Em alguns municípios, como Duque de Caxias, as escolas promoveream atos públicos, com participação de profissionais, estudantes e restante da comunidade para apoiar o movimento. O Sepe estima que os inídices de paralisação aumentem nesta quinta-feira, dia em que está sendo realizado um grande ato na Alerj e, mais tarde, uma assembléia geral na ABI.


I Seminário Nacional de Servidores Municipais da CSP-Conlutas será realizado em São Paulo no dia 2 de junho

A CSP-Conlutas realiza, no dia 2 de junho, o I Seminário Nacional de Servidores Municipais. O encontro será realizado na cidade de São Paulo. O encontro visa debater a situação dos servidores municipais que, cada vez mais, estão sendo vítimas de ataques dos governos comprometidos com práticas que redundam no corte de investimentos, arrocho salarial e ameaças de retirada dos direitos trabalhistas.

Em nível internacional ainda estamos vivendo um processo de crise econômica. O Brasil, nesse contexto, apresenta um cenário distinto. O crescimento econômico registrado não se reverte em melhora de vida para a classe trabalhadora. Ao contrário, há um aumento generalizado dos preços, o anúncio de corte nos gastos públicos e ameaças de retiradas de direitos dos trabalhadores.

As medidas adotadas pelo governo Dilma Roussef, nos primeiros meses, frustram a expectativa da maioria do povo brasileiro e nos colocam em alerta. Enquanto o reajuste do salário mínimo ficou em 6,47%, os deputados tiveram 62% de aumento e a própria presidenta, 133%. Alguns e estados e municípios adotaram o critério por similaridade, sufocando os orçamentos.

O governo anunciou oficialmente que pretende cortar R$ 50 bilhões do orçamento, retirando verbas das áreas de moradia, educação, transporte, justiça e agricultura. Junto, apresentou proposta de mudanças na reforma da previdência e tributária. Tudo isso para seguir pagando a dívida pública de 300 bilhões.

Os servidores públicos, mais uma vez, estão na mira dos ataques. Começou para os federais, reeditando medidas que pretendem congelar salários e atacar a carreira. Eles estão lutando para reverter, mas se o governo consegue implementar essas medidas, ocorre o efeito cascata para os estados e municípios.

Para buscar organizar nossa luta, no dia 02 de junho, na cidade de São Paulo, as entidades e oposições do serviço público municipal filiadas ou simpatizantes da CSP-CONLUTAS realizarão um seminário nacional com o objetivo de debater a conjuntura atual, os principais desafios a serem enfrentados e a organização nacional do segmento, tendo em vista a necessidade de unificar as bandeiras para fortalecer a luta.

A Setorial dos Servidores Municipais da CSP Conlutas convoca a todos os sindicatos e as entidades filiadas à central e estende o convite a todos aqueles que estão na luta em defesa da nossa categoria, independentemente dos governos e de forma autônoma e democrática.

Data: 02/06/2011

Local: Hotel San Raphael (Largo do Arouche, 150 – São Paulo) Programação:

9:00h-9:30h – abertura

9:30h-11:00h – A conjuntura atual e os desafios da luta dos servidores municipais

11:00h – 13:00h –Plano de Carreira, Condições de Trabalho e Saúde do Trabalhador

14:00h – 16:00h – Grupos de Trabalho

16:00- 17:00h – sistematização das propostas

17:00h – 18:00h – organização do setor da CSP-CONLUTAS

Veja as deliberações da assembléia da rede municipal do dia 03 de maio

Categoria ocupou escadarias da Câmara Municipal (03/05/11)

A ASSEMBLEIA DO DIA 03/05 APROVOU:

·    Paralisação no dia da votação da PEC;
·    11/5 - quarta- feira, no dia do COC da rede municipal, ida na Câmara dos Vereadores para ocupar as galerias e pressionar os vereadores, a partir das 17h. Após realização de assembléia no Sepe para encaminhar os próximos passos da luta contra a reforma da previdência de Eduardo Paes;
·    12/5 - Participação do Lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Servidor Público e do Sistema Previdenciário, na Câmara dos Vereadores ( conteúdo em anexo);
·    Jornal para casa dos filiados;
·    Cartilhas e carta para a população;
·    Adesivos, outdoor, busdoor, plástico de carros e cartazes;
·    "Prefeito tire as mãos da aposentadoria do servidor";
·    DJ - ação para garantir um terço de planejamento para a rede municipal;
·    Comando de mobilização pelas regionais;

     
Está marcado para o próximo dia 12 de maio, na Câmara Municipal do Rio, o ato de lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Servidor Público e do Sistema Previdenciário. O encontro vai ocorrer no salão nobre da Câmara Municipal às 18:15h do dia 12 (quinta-feira) e vai contar com a presença de vereadores que compõem a frente parlamentar, servidores ativos, inativos e suas entidades de representação. A frente parlamentar foi formada por iniciativa do vereador Eliomar Coelho e conta com a assinatura de 26 dos 51 Vereadores. O compromisso é debater a atual política de privatizações do governo Paes e a administração do Sistema de Previdência dos servidores que, segundo a prefeitura, precisa ser reformado com corte de direitos.

Siga-nos pelo seu e-m@il

As 10 postagens mais acessadas

Seguidores