segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Seeduc informa que erros nos contracheques serão corrigidos

Terminou pouco a reunião do Sepe na Seeduc com o subsecretário de Gestão de Pessoas, Luis Carlos Becker Jr., e com o subsecretário de Gestão do Ensino, Antonio Neto. Ambos garantiram que não nenhuma orientação da Seeduc para que os profissionais sejam descontados pelos dias da greve. Eles também afirmaram que os erros nos contracheques serão corrigidos. A secretaria vai soltar uma nota no seu site explicando a situação.

Sepe está neste momento na Seeduc para questionar descontos indevidos

Neste momento, a direção do Sepe está na Secretaria estadual de Educação, cobrando do governo porque ocorreram descontos em muitos contracheques de profissionais. O sindicato está de posse de contracheques que comprovam o desconto e quer saber o que ocorreu. Daqui a pouco daremos mais informações.

Sepe vai questionar SEEDUC hoje sobre problemas no contracheque dos profissionais da rede estadual

A direção do Sepe irá questionar a SEEDUC hoje à tarde sobre uma série de problemas na emissão dos contracheques da rede estadual que estão sendo reportadas para o sindicato. Durante o final da semana e manhã desta segunda-feira, dezenas de profissionais da rede estadual ligaram ou enviaram emails para o Sepe, reclamando de descontos de dias parados da última greve - mesmo para aqueles que fizeram a reposição de conteúdos - e não cumprimento de promessas como o aumento do dificil acesso e nas GLPs. Estes descontos foram descobertos quando alguns profissionais consultaram os seus contracheques de setembro (com pagamento no início de outubro) pela internet.

Sepe convoca rede estadual para audiência pública na Alerj na quarta (dia 28/9)

O Sepe convoca os profissionais da rede estadual para comparecerem à audiência pública na Comissão de Educação da Alerj que irá discutir o problema da falta de professores e o lançamento de notas falsas nos boletins dos alunos. A audiência será às 10h e o secretário de Educação Wilson Risolia foi convocado para dar explicações aos deputados e os profissionais da rede poderão questionar o secretário sobre a sua política educacional rejeitada unanimemente pela categoria.

Siga-nos pelo seu e-m@il

As 10 postagens mais acessadas

Seguidores