terça-feira, 9 de outubro de 2012

Risolia quer implementar nova bonificação: a certificação



Essa semana, o secretário Wilson Risolia, em entrevista à jornalista Alessandra Horto de O Dia (07/10), afirmou que vai implementar um “processo de certificação para atuais a futuros professores” – segundo a matéria, a certificação “será etapa eliminatória dos futuros concursos”, causando até eliminação. “Já os atuais (professores) vão poder aderir ao selo depois de participar de programas de formação e de certificação”. Na matéria, o secretário disse que os professores certificados receberão bonificações.
Mas o próprio secretário também afirmou que a certificação ainda está em fase de projeto e que este será apresentado ao Ministério da Educação. Risolia esteve recentemente na china, onde conheceu o uso da certificação.
O Sepe vai pedir à Seeduc informações oficiais sobre este projeto.
Causa curiosidade, no entanto, do porque o secretário foi tão longe, à China, ver o que ele chama de exemplo na educação, quando poderia, por exemplo, visitar a Finlândia, na Europa, que tem um dos melhores resultados do mundo na área educacional, mantendo um sistema público, gratuito e de qualidade. Tem mais: o país não utiliza nenhum dos métodos meritocráticos tão admirados pelo governo estadual e pelo secretário Risolia, com suas avaliações e metas a serem alcançadas a qualquer custo, como este da certificação – clique aqui para ler a matéria.
Enfim, trata-se de mais um projeto de bonificações, que será enfiado goela abaixo dos professores estaduais.
O Sepe, como afirmamos antes, vai oficiar a Secretaria para que esta dê todas as explicações a respeito desse projeto.
Exigimos uma política salarial digna para os profissionais de educação! Bonificação não é salário!


Siga-nos pelo seu e-m@il

As 10 postagens mais acessadas

Seguidores