segunda-feira, 1 de abril de 2013

Rede municipal: Plebiscito para avaliar política educacional de Paes/Costin começa hoje (dia 01 de abril)



O Sepe promove de hoje (01 de abril) até o dia 17 de abril o Plebiscito da Rede Municipal do Rio para que os profissionais das escolas possam avaliar a política educacional do prefeito Eduardo Paes e da secretária municipal de Educação Cláudia Costin. 

A consulta será realizada nas escolas e no material constarão três perguntas para que a comunidade escolar responda se concorda com a política meritocrática e as medidas arbitrárias implementadas pela SME nas escolas da rede sem um diálogo prévio para com os profissionais e responsáveis.

No dia 18 de abril, a rede municipal fará uma paralisação de 24 horas. 
Nesse dia, o Sepe realizará um ato de protesto na prefeitura, quando será entregue o resultado do Plebiscito para a SME. A partir das 14 h, a categoria terá uma assembleia geral no auditório do Instituto de Educação (Rua Mariz e Barros 243 - Tijuca). 

O Plebiscito faz parte da estratégia de mobilização dos profissionais das escolas municipais para o ano de 2013. A luta por reajuste salarial digno, melhores condições de trabalho e plano de carreira unificado também integram os eixos de mobilização da categoria. Por isso, é importante participação de todos.

Atenção merendeiras da rede municipal do Rio: SME quer remover profissionais concursadas para colocar terceirizadas


O Sepe alerta as merendeiras das escolas municipais do Rio para que não atendam as convocações que estão sendo realizadas em diversas CREs para que elas se apresentem nas Coordenadorias Regionais para serem relocadas em outras unidades da rede. 
O sindicato está apurando uma série de denúncias de merendeiras que trabalham em escolas localizadas nas áreas das 5ª e 7ª CREs, que informaram terem chegado às escolas memorandos convocando estas profissionais para que compareçam às Coordenadorias com fins de escolha de novas lotações, para que suas vagas sejam ocupadas por merendeiras terceirizadas da empresa prestadora de serviços Mazan.

O Sepe informa que tal procedimento por parte da SME/CREs é ilegal, já que a lei proíbe a substituição de funcionários concursados por terceirizados. 

A instrução do sindicato para todas as merendeiras que receberem tais memorandos é a deque procurem imediatamente o Sepe para que possamos garantir juridicamente o seu direito à lotação original. Este é mais um ataque do governo municipal contra a categoria e não podemos permitir que a SME implante um processo de terceirização dos funcionários administrativos das escolas  municipais, nos moldes do que o governo estadual vem tentando fazer com os funcionários administrativos das escolas da rede estadual. 

Recentemente, a 14ª Vara de Fazenda Pública deu ganho de causa a uma liminar do Sepe e obrigou o governo municipal a convocar as 400 merendeiras das vagas do concurso de 2009. 
Esta sentença é um reconhecimento da Justiça de que o prefeito não cumpre a lei e tenta preencher as vagas das merendeiras por pessoal terceirizado de firmas contratadas. O Sepe convoca a categoria para que se mobilize e impeça mais uma tentativa da prefeitura de acabar com as merendeiras estatutárias nas escolas municipais.

Há 45 anos, o país parou por causa da morte de um estudante


No dia 28 de março, o assassinato do estudante Édson Luis de Lima Soutopela PM do Rio completou 45 anos.

Ele morreu baleado em 1968 por um policial, no restaurante estudantilmais conhecido como "Calabouço", no Centro do Rio. A PM invadiu orestaurante para reprimir uma manifestação contra as reformas estudantisque a ditadura militar queria implementar.

Os colegas de Édson levaram o corpo dele para a então Assembleia Legislativa do estado da Guanabara, atual Câmara de Vereadores, na Cinelândia (foto).

O assassinato deu início a uma mobilização massiva nos centros urbanos contra o governo militar - no Rio, os estudantes conseguiram convencer parte da sociedade a protestar contra a morte de Édson, com o slogan "Mataram um estudante, podia ser seu filho".

O auge do movimento ocorreu em junho, com a passeata dos 100 mil. Mas ao final daquele mesmo ano, a ditadura endureceriaainda mais o regime, editando o Ato Institucional 5, suspendendo várias garantias constitucionais.

Estão previstas diversas manifestações estudantis na semana que vem no Rio para lembrar a morte de Édson e protestar contra o golpe militar de 64, aplicado exatamente em 1º de abril.

Nesta matéria da EBC, você pode assistir as imagens do enterro de Edson Luís feitas pelo cineasta Eduardo Escorel. Este filme de 12 minutos estava sumido durante 40 anos e foi recuperado recentemente - clique para ler.

Rede estadual em estado de greve: veja como proceder



O estado de greve decidido pela assembleia do dia 21 de março, no auditório da ABI, significa que os profissionais das escolas estaduais irão à greve, caso o governo não negocie ou atenda nossas reivindicações.É também o tempo necessário para preparar a greve. Como devemos proceder durante o período (até a próxima assembleia da rede estadual) em que estivermos em estado de greve? 

Veja as instruções abaixo:
  • Realizar discussões nas escolas entre os professores, funcionários e terceirizados; 
  • Eleger os representantes da escola que farão parte do Conselho de Representantes do Sepe local; Filiar os colegas; 
  • Promover reuniões com pais, alunos e líderes da comunidade para explicar os motivos da possível greve, solicitando seu apoio e sugestões;
  • Expor cartazes no interior e murais informativos no exterior da escola;
  • Registrar situações que prejudicam o bom funcionamento da escola; etc.
Como o governo não negociou até agora, aprovamos o Estado de greve com uma paralisação de 72 horas, nos dia 16,17 e 18/4.
  • No dia 16 estaremos correndo as escolas fazendo reuniões com a comunidade.
  • No dia 17 estaremos também correndo escolas e parando aquelas ainda que não aderiram a greve, fazendo reuniões e panfletagens no final do dia devem acontecer as assembleias regionais dos SEPEs locais.
  • No dia 18 estaremos saindo nas caravanas para participar da nossa assembleia!

Siga-nos pelo seu e-m@il

As 10 postagens mais acessadas

Seguidores