terça-feira, 20 de junho de 2017

Professora de EDI no Complexo da Maré atingida por bala perdida

Uma professora do Espaço de Desenvolvimento Infantil Azoilda Trindade, localizado no Complexo da Maré, foi atingida de raspão por uma bala perdida durante confronto do lado de fora da unidade. A professora foi atingida no momento em que ajudava outros profissionais a tirar as crianças das salas de aula para protegê-las no corredor. Segundo a SME, ela passa bem.
Relatos de outros profissionais e moradores dão conta que outra unidade, localizada na frente do EDI pegou fogo e o incêndio, por causa da demora da chegada dos bombeiros foi combatido por moradores e profissionais. Os bombeiros finalmente chegaram, acompanhados por blindados da polícia, o que gerou o tiroteio que culminou com o ferimento na professora do EDI.
Mais uma vez nos vemos diante de uma situação de violência que coloca em risco a vida dos profissionais e alunos que atuam em escolas localizadas em áreas de risco. Tais acontecimentos, como o que recentemente vitimou de forma fatal a aluna Maria Eduarda, causam traumas profundos em todos: profissionais, alunos e moradores, que perdem a segurança de deixar seus filhos nas escolas, locais onde os alunos deveriam estar supostamente seguros. 
Por isso, é importante que amanhã, 8 horas, profissionais das escolas, edi's e creches atingidas sejam recebidos na 4° CRE para que sejam discutidas medidas para garantir a segurança das unidades.  
E no dia 22/06, às 17 h, no Museu da Maré, vamos todas e todos à plenária de profissionais que trabalham em EDI’s, creches e escolas da Maré.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga-nos pelo seu e-m@il

As 10 postagens mais acessadas

Arquivo do blog

Pesquisar este blog

Seguidores